quarta-feira, 29 de julho de 2009

Itália x França

Talvez seja só impressão, já que minhas origens italianas poderiam gerar um viés na minha percepção, mas eu me sinto mais em casa aqui na Itália do que na França, apesar de ter amigos franceses da minha idade e de falar francês melhor do que italiano.

Para exercitar minha capacidade de reconhecer diferenças culturais de forma objetiva, tentei elencar alguns elementos que diferenciam italianos de franceses e colocam os italianos mais próximos dos brasileiros.

* Valor dado ao carro: Na França tem muito carro batido, sujo por fora e por dentro, pequenos e econômicos. Já no país da Ferrari dá-se mais importância à "macchina" que a pessoa tem.

* Comida: A cozinha italiana é muito mais familiar para mim do que a francesa. Para começar, na Itália a pizza tem mozzarella, e na França eles colocam emmental (eu acho). Aliás, a pizza na França é horrível, ainda que possa competir com certas pizzarias a 10 reais do Butantã. Na Itália não se come macarrão sem molho (aberração francesa) e eu até encontrei feijão marrom já cozido em lata, só esquentar! Estou comendo mais parecido com como é no Brasil e, diga-se de passagem, muito melhor.

* Palavrões: Não sei se é uma característica da língua portuguesa ou do Brasil mesmo, mas somos bastante inventivos para palavrões e os usamos muito. Em francês você tem basicamente duas opções: "putain" e "merde". Outros palavrões são relativamente pesados, e são usados quando você realmente quer insultar alguém. Em italiano, assim como em português, não só a escolha é maior como cada palavrão admite suas variações, por exemplo o tradicional "cazzo" pode se transformar em cazzeto, cazzino, cazzone, cazzola ou até cazzerola, entre outros. Os ambientes não são comparáveis (escola/chão de fábrica), mas eu acho que em geral se usa mais palavrão aqui na Itália do que na França.

É, por enquanto não consegui colocar de forma clara mais do que esses três pontos. Que fique claro que eu não defendo uma em detrimento da outra, simplesmente a cultura italiana me é mais familiar.

Mas que a comida é melhor, é.

Amanhã tem a tirinha 7².

PS. Na foto estou montando a parte elétrica do que será uma catraca que reconhece um RFID.

3 comentários:

Breu disse...

Também achei isso quando fui pra Itália (principalmente a parte da pizza e dos palavrões :P)

Joanna disse...

é, a italia tem mesmo seus triunfos, mas eu ainda prefiro a pizza brasileira =D

Guilherme disse...

Pizza de 10 conto da Kadalora apavora as pizzas francesas. Principalmente meia calabresa com cheddar, meia misto quente 1.
Opinião dos intercambistas franceses.