domingo, 9 de novembro de 2008

Jogo de cintura

Descobri que o holandês (a língua) não tem uma palavra para "cintura".
Você tem, é claro, todos os termos anatômicos necessários, anca, bacia, pélvis, e também
a palavra para a medida da cintura, para quando você tiver que falar com um alfaiate.

Mas você terá dificuldades para explicar para um holandês ou belga que é preciso
"mexer a cintura" para dançar, ou para explicar que diante das merdas da vida o
brasileiro conta com seu "jogo de cintura" para se ver livre das dificuldades.

Por isso que eu digo que uma cultura está intimamente ligada ao idioma, e que para se
aproximar de uma cultura o aprendizado da língua é fundamental. E vice-versa, aliás:
aprender uma língua passa por entender melhor a cultura das pessoas que a falam.

E talvez seja por isso que o "jogo de cintura", o "saber sambar" seja algo tão brasileiro.
Os outros não saberíam nem dar nome a essa habilidade...

2 comentários:

Joanna disse...

Nossa, hoje mesmo uma garota alemã que trabalha comigo veio me perguntar como falava cintura, pq ela não sabia!

Guilherme disse...

Quero ver explicar como dança o créu...